sexta-feira, agosto 21, 2015

Resenha: Amaldiçoadas

. .


Amaldiçoada é o segundo livro da trilogia "As crônicas das irmãs bruxas" de Jessica Spotswood. Caso não tenha visto a resenha do primeiro, veja aqui: Resenha de "Enfeitiçadas". Esta resenha contém spoilers do primeiro livro.

Já iniciamos com Cate na Irmandade, sentindo-se uma fraude e com dificuldades em se enturmar com algumas meninas. À medida que o tempo passa e o domínio dos Irmãos sobre a sociedade aumenta, Maura e Tess também são convocadas para viver no convento. Quando uma amiga de Cate é mandada para Harwood por executar magia em público, ela sente a pressão cada vez maior de ter alguma visão e ser confirmada como a principal bruxa da profecia para poder liderar a todas em uma possível revolução que vem aos poucos se anunciando. 
"Eu me sinto uma verdadeira fraude.
Estou com Alice Auclair e Mei Zhang em um corredor estreito de um prédio de apartamentos que fede a cozido de carne e repolho. Estamos todas trajadas do mesmo jeito: capas pretas de lã por cima de vestidos austeros de veludo preto, com as pontas das botas pretas de salto aparecendo por baixo das saias que vão até o chão, e o cabelo preso para trás num penteado simples e recatado." (primeiras linhas, pág. 7)
Esse livro sofre um pouco com a "síndrome do livro do meio". Sabe quando parece que a história não se desenrola? É isso o que acontece aqui. Muitas pecinhas vão sendo trabalhadas para o desfecho do livro, mas após o excelente final de Enfeitiçadas esperava que este começasse um pouco mais agitado. Porém assim como no primeiro, termina com um grande episódio - e temos o primeiro capítulo do próximo livro após o fim.

Cate fica muito tempo duvidando dos seus poderes, se é ou não a bruxa da profecia, e parece que fica sempre esperando algo de fora acontecer para se mexer um pouco. É uma personagem até interessante e que está amadurecendo, mas para uma principal as vezes é muito devagar. Maura, apesar de se tornar uma terrível praga na história, é quem faz as coisas se agitarem um pouco. Finn é outro personagem que merece destaque, pois tem a coragem que Cate não tem - e dá uma peninha do moço em certas horas! 

Um ponto positivo é que para algumas coisas o livro não enrola. Quando Finn pergunta o motivo de Cate ter feito o que fez, achei que ela iria hesitar e inventar alguma mentira - mas ponto para a autora por fazer a personagem falar a verdade logo de cara e não ficar de medinho por causa disso! Também achei bem interessante e plausível o desenvolvimento do poder da Fraternidade sobre a população, em especial sobre a repressão às mulheres. É uma história de bruxas porém com muitas cenas de revoltas e abusos que realmente aconteceram em outras épocas.
Capa brasileira / capa original
"Nunca pensei na minha magia como bênção, apenas maldição. Pensei que talvez a cura fosse diferente. Menos complicada do que magia mental. Uma forma de ajudar as pessoas, de provar que os Irmãos estão errados quando dizem que toda magia é maligna. Mas, assim como qualquer tipo de poder, tudo depende do caráter da pessoa que faz uso dele." (pág. 91)
O livro ainda deixa muitas coisas em aberto que devem ser resolvidas no terceiro, Predestinadas. Espero que venha um pouco mais movimentado do que esse e consiga prender tanto quanto o primeiro, além de trazer as respostas de forma satisfatória. No geral gostei da história, mas estava com a expectativa de ser tão bom quanto o primeiro, que me fez não querer largar o livro, chorar e tudo mais, e infelizmente isso não foi concretizado. De qualquer forma, aguardo ansiosamente para saber o final dessa saga!

Você pode gostar se também gostou de: Sob o céu do nunca
3/5 - Gostei
Mais informações:
Amaldiçoadas
Título original: Star cursed
Autora: Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro (Site | Twitter | Facebook)
Páginas: 288
Links: Skoob | Goodreads
Série: As crônicas das irmãs bruxas
#2. Amaldiçoadas
#3. Predestinadas 

6 comentários:

  1. Oi,
    Já ouvi falar do primeiro livro, mas não me interessei. A capa é bonita, as folhas parecem ser também. Gostei da resenha desse, mas só de saber que o final fica em aberto me desanimo mais ainda, mesmo que possam vir a ser resolvidas num próximo livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha, as capas dessa trilogia são lindas demais.
    Tem algum tempo em que a trilogia As crônicas das irmãs bruxas, está em minha lista de leitura, adorei a história e pretendo ler.
    Fiquei mais ansiosa ainda para começar a leitura depois de ler sua resenha.

    ResponderExcluir
  3. Ainda nao li o primeiro... e é uma pena que esse sofre com a famosa sindrome do livro do meio...hahahaha
    Mas mesmo assim tenho muita vontade de ler esse livro, essa série parece muito boa.
    Nao acho as capas nem bonias, nem feias... neutras... rsrs

    ResponderExcluir
  4. Que chato esse livro não ter correspondido e ainda ter deixado muitas coisas em aberto, espero que o terceiro volume esclareça o que ficou precisando haha. Fiquei meio receosa de começar essa série, acho que vou dar um tempo.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  5. Bom, Tami. Não li a resenha por completo para evitar os spoilers. As crônicas das irmãs bruxas é uma série que estou bastante interessado na leitura, e já possuo o primeiro da série, Enfeitiçadas. Fiquei feliz por saber das coisas em aberto que a leitura deixa para o fim épico.

    ResponderExcluir
  6. Oie
    Tenho bastante curiosidade em ler essa trilogia mas só vou começar quando comprar o último volume pra ler tudo duma vez só.As vezes quando estamos com as expectativas muito altas acabamos nos decepcionando mesmo,mas pelo menos a leitura foi proveitosa e não uma perda total.A Cate parece ser uma boa personagem mesmo sendo meio songa-monga kk E as duas capas estão lindas.

    ResponderExcluir