sexta-feira, abril 10, 2015

Cinéfilos: Março/15

. .


Março foi um mês de grandes filmes e de ótimas adaptações - três dos quatro filmes que vimos foram baseados em livros. Todos os vistos esse mês eu recomendo, tem estilos diferentes e são para momentos diferentes. Já viram algum?

Reforçando, apenas deixo as minhas (pequenas) opiniões sobre eles. Se quiser saber mais sobre o roteiro, atores e etc é só clicar no título e daí você pode ver mais informações diretamente no Filmow. E se o filme tiver algum livro no qual foi baseado, vocês verão a indicação no final. 

Para sempre Alice - É difícil falar desse filme porque já havia simplesmente adorado o livro. E mesmo a adaptação tendo algumas diferenças, já que o livro é contado pela Alice e no filme isso ficaria bem complexo, posso dizer que são duas obras igualmente ótimas e que se complementam. Alguns detalhes da doença que faltaram no livro ficam mais evidentes no filme, e vice-versa. A Julianne Moore está realmente espetacular. Teve uma cena em especial no final que me tocou muito por um pequeno detalhe (um tipo de "tique" que a personagem tem nas mãos nessa cena) que simplesmente desencadeou uma série de lembranças em mim em relação aos meus avós e saí do cinema literalmente soluçando ao tentar explicar para o meu marido o que eu tinha visto. E são esses minúsculos detalhes que fazem a diferença entre uma atuação média e uma atuação ótima. É um filme bem triste, mas recomendo muito.

Dívida de honra - Esse fomos ver mais pela companhia. Ele é um filme no estilo faroeste antigo (a história se passa em 1854) só que foge um pouco dos padrões por ter uma mulher como protagonista. É bem dramão, daqueles que dão muitas coisas errado, mas gostei. Tem um estilo diferente, é interessante para ver algumas questões da época e os dois atores estão ótimos. Não é um grande filme mas é bom e vale para quando se quer variar um pouco o estilo.
Insurgente - Ainda não li os livros então não sei se a adaptação está sendo fiel mas creio que esteja pois vejo poucas reclamações por aí. É um filme totalmente de ação, está pegando até os clichês do gênero: aquelas cenas onde tem 50 pessoas atirando no personagem principal e ninguém consegue acertar, mas ele sozinho acerta vários tiros nos perseguidores. Gostei bastante do primeiro filme e com esse não foi diferente. Muitas cenas de luta, perseguição e, claro, um pouquinho de romance. Percebi que os homens em geral gostam bem mais dessa série do que de Jogos Vorazes, acho que por causa da ação mesmo. 
LivroInsurgente
Chef -  Filme bem estilo sessão da tarde. O pai muito ocupado, que não consegue dar muita atenção para o filho e não gosta do local que trabalha, resolve largar tudo e viajar com um food truck pelo país. Bem previsível, com uma comédia leve, personagens carismáticos, muitas receitas e imagens de comidas boas. Vale para aqueles momentos que se quer descansar e ver um filme água com açúcar mesmo. Até que gostei.
Livro: Não possui


4 comentários:

  1. Oi Tami, tudo bem? Estou precisando ir ao cinema, o último que assisti foi "Cinquenta Tons de Cinza". Bom, achei bem interessante "Para Sempre Alice", já tinha até ouvido falar do livro, mas não sabia muito bem do que se tratava... e concordo com você. São os pequenos detalhes que fazem toda a diferença.

    Quanto a Insurgente tenho visto opiniões bem variadas, algumas pessoas adoraram e outras não gostaram da adaptação. Bom, eu ainda não vi, vou esperar sair em DVD. Acabei não curtindo muito de Divergente, eles acabaram mudando algumas coisas e não gostei da atuação da Shailene e do Ansel (o que é mais engraçado: eu adorei os dois em "A Culpa é das Estrelas"), mas em compensação do o lindo do Theo James <3 que está ótimo!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  2. Oi, Tami! Tô louca pra ver Insurgente. Disseram que algumas coisas ficaram diferentes do livro, quero assistir pra conferir!
    Já tinha visto outro dia, só não lembro onde, esse filme Chef. Parece ser bom para passar o tempo.
    E Para Sempre Alice quero ver o filme e também ler o livro. Com certeza é uma história emocionante e que vale a pena ser vista e lida.

    ResponderExcluir
  3. Eu vi esse filme Para sempre Alice, mas nao foi no cinema, eu vi pela internet, mas é um filme ótimo e muito emocionante, concordo com vc, não da pra segurar as lágrimas...rsrs
    Foi o único filme que vi desses que vc citou

    ResponderExcluir
  4. Ainda nao vi Para sempre Alice, mas parece ser muito bom, Ahh Insurgente vi na estreia... '-' gostei muito, agora é aguardar Convergente né...
    Os outros dois nao me interessei.

    ResponderExcluir