quarta-feira, março 18, 2015

Sem teto lê e resenha livros para conseguir dinheiro

. .


Philani Dladla era um morador de rua de Joanesburgo, na África do Sul, ex-usuário de drogas. Uma história como muitas outras se não fosse a sua motivação para sair dessa vida: a leitura. Ao invés de pedir esmolas no sinal, ele escrevia sobre os livros que lia e gostava de discutir com as pessoas que passavam sobre os autores e histórias que havia conhecido. Ganhava dinheiro vendendo os livros sempre que aparecia algum interessado. Exceto para as crianças, essas podiam levar os livros que gostassem de graça. Ele diz que nunca vendeu um livro que não houvesse lido antes.

Sua história tem corrido o mundo e hoje Philani já é convidado para círculos de leituras e palestras. Sua paixão por leitura é admirável e em suas histórias ele conta como, entre outras coisas, os livros o ajudaram a vencer o vício. 

Sua história foi descoberta por um jornalista que fez um pequeno documentário com Philani chamado Pavement Bookworm. Hoje ele já possui site (Pavement Bookworm), onde inclusive conseguimos ver algumas notas que ele deu para os livros, página no Facebook e já tem atá palestra no TEDx de Joanesburgo. Deixo vocês com o vídeo abaixo, que infelizmente não encontrei legendado para que todos pudessem entender. 

É ou não é uma história inspiradora?

4 comentários:

  1. Sem mais, ótima postagem, é pra finalizar bem o dia lendo uma coisa dessas ^^ :*
    www.moniitorando.com

    ResponderExcluir
  2. que história incrível eim :O
    adorei!
    só o video não consegui ver agora pois estou sem caixinha de som, mas vou ver depois :)

    ResponderExcluir
  3. Tami, fiquei tão feliz quando li o título dessa postagem! Ao ler tudo então. Nossa, é mesmo um exemplo a ser seguido. Que bom que a leitura o ajudou a ter uma nova vida. É maravilhoso saber disso, dessa transformação dele.

    ResponderExcluir
  4. Sem dúvida, Tami, uma história inspiradora. Bom saber que a leitura modificou a vida desse homem, tirando-o das drogas e lhe dando um futuro melhor. Belo exemplo!!

    ResponderExcluir