domingo, novembro 23, 2014

Sobre séries: Being Erica

. .


Há algum tempo atrás (vou chutar uns 2 anos) vi um post no Viagem Literária sobre a série Being Erica - que nunca havia ouvido falar. Agora, após assistir as quatro temporadas, posso dizer sem medo: assistam!

Erica é uma mulher de 30 e poucos anos que está em uma fase não muito boa da vida: desempregada, sem namorado, com a família no seu pé e com comparações com sua irmã. Em um dia particularmente ruim ela acaba conhecendo o dr. Tom, um terapeuta que promete resultados garantidos. Ela acaba indo a uma sessão e se depara com algo completamente inusitado: Tom pode manda-lá de volta no tempo para reviver e corrigir seus maiores arrependimentos. Só que nem sempre as coisas saem como o planejado.

A série traz um tema que eu amo: viagem no tempo. E as viagens ainda são para consertar erros do passado e, sempre que possível, aprender com eles. É a combinação perfeita! Assistir Being Erica é como fazer terapia sem sair de casa - e é impossível assistir uma temporada sem que ao menos um episódio te faça pensar na vida. Acho que não consigo descrever o quanto gostei da série.

A série era distribuída pelo canal BBC mas creio que não chegou a passar para o Brasil. Hoje a única forma de se assistir é baixando, e como não é uma série muito famosa a tendência é que fique cada vez mais difícil de se conseguir. Como é uma série canadense a maioria dos atores (senão todos!) são desconhecidos para nós, mas é impossível não se apaixonar por algum. E digamos que Érica escolhe muito bem os seus namorados!
É uma série, podemos dizer, mulherzinha. Tem aquele "quê" de chick-lit, acompanhamos Érica nas suas idas e vindas amorosas, com quase nada na sua vida dando certo e etc, mas a série consegue sair do básico. Os arrependimentos da personagem poderiam ser facilmente os meus ou os seus - e as vezes são - e vamos aprendendo junto com seus erros e acertos. Quem nunca pensou que "se pudesse voltar no tempo faria tudo diferente"? A série mostra que isso nem sempre é possível, não conseguimos realmente agir de forma tão diferente do esperado, diferente de como somos.

Para finalizar, só mais dois pontos positivos da série: o sonho de Érica é ser editora - e escrever seu próprio livro. Acompanhamos os bastidores do lançamento de um grande best-seller (e quem ver a série poderia achar que é muito similar a um que conhecemos!), os problemas das editoras e os percalços dessa vida. Por último, dr. Tom sempre tem uma frase pronta para a situação (normalmente de um grande pensador) e a série sempre finaliza com algum texto bem legal para se pensar. Sei que só falei de pontos positivos, mas realmente adorava a série!

Recomendo: para quem gosta de uma série leve, que vai te trazer boas recordações e até mesmo mudar alguns conceitos. Terapia em casa garantida!

4 comentários:

  1. Aiii como eu queria ter mais paciência pra série! Vejo recomendações, mas nenhuma realmente chama minha atenção. O meu negócio são livros e filmes mesmo!

    Clara
    @clarabsantos
    clarabeatrizsantos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. aaah, super a minha cara. como assim eu ainda não conhecia ela ??????
    adorei! fiquei mega curiosa! pode apostar que vou ver logo! *-*

    ResponderExcluir
  3. Com certeza vou assistir essa série! Pois também amo viagens no tempo, e tudo isso de pelo menos um episódio por temporada te fazer pensar na vida e ser uma terapia garantia em casa já me conquistou!!
    Uma pena que é difícil de se conseguir. :/
    Bjs, Tami <3

    ResponderExcluir
  4. Tami!
    A série realmente parece ser muito boa, e eu fiquei morrendo de vontade de assistir, mas infelizmente
    ando sem tempo e sempre que começo uma séria eu nunca acabo! Vou esperar minha vida tranquilizar um pouco pra poder assistir :)
    Bjs

    ResponderExcluir