quinta-feira, junho 19, 2014

Resenha: Flash Forward

. .


Imagine poder ver como você estará daqui a 21 anos. Parece bom? E se você descobrir que estará com uma pessoa que não é seu namorado ou marido atual? E se descobrir que você vai estar morto? Como seguir a vida conhecendo um futuro que não sabemos se pode ser modificado?
"Um recorte no espaço-tempo... 
O prédio de controle do Grande Colisor de Hádrons (LHC) do CERN era recente: sua construção fora autorizada em 2004 e concluída em 2006. O edifício englobava um pátio central, inevitavelmente denominado de "o núcleo"". (pág. 11, primeiras linhas)
Uma equipe de cientistas do CERN, responsáveis pelo LHC está fazendo o seu primeiro experimento para tentar reproduzir os instantes logo após o Big Bang. Porém, bem no momento em que o colisor é acionado, todas as pessoas do mundo desmaiam por pouco mais de dois minutos e tem um vislumbre do seu futuro daqui 21 anos. Devido a isso milhares de pessoas morrem em acidentes de carro e aviões, devido ao desmaio de seus pilotos. A equipe do CERN fica receosa de que o seu experimento possa realmente ter causado tudo, mas não sabe como. Porém o que mais afeta as pessoas é ter visto seu futuro. Será possível mudá-lo?

O livro é bem mais científico e filosófico do que imaginava. Algumas explicações tive que ler duas, três vezes, para tentar entender um pouco melhor todas aquelas teorias físicas sobre o tempo e sua relatividade. Após o FlashForward (como fica sendo conhecido o fenômeno), as pessoas começam a se questionar se é possível modificar o futuro - agora que sabem como ele será - ou se o futuro é imutável. São discussões bem interessantes e aparentemente bem fundamentadas, mas confesso que algumas fugiram do meu conhecimento básico.

O autor tem um ritmo interessante para o livro pois não temos apenas um personagem principal, então a narrativa vai se revezando entre diferentes histórias. Cada um tenta corrigir o seu futuro, ou começa a repensar sua vida a partir da visão. Se o fato fosse real, acho que seria algo meio enlouquecedor. Contudo achei que o livro teria mais ação do que foi apresentado.

Os personagens não são muito cativantes. Lloyd (um dos cientistas) é extremamente cético e chato em vários momentos. Theo (outro cientista) é um pouco mais simpático e sua busca pelo seu possível assassino do futuro é interessante, porém não tem nada que o destaque como algum personagem inesquecível.
"- Você tomou milhares de decisões ontem, mas elas são imutáveis... não há como mudá-las, não importa o quanto você se arrependa de algumas delas. E você tomará milhares de decisões amanhã. Não há diferença. Você acha que tem livre-arbítrio, mas não tem.
- Então, deixe-me ver se entendi bem, dr. Simcoe. O senhor está afirmando que as visões não são apenas um dentre outros possíveis futuros. Ao contrário, elas são do futuro... do único que existe.
- Absolutamente. Nós vivemos em um universo igual a um espaço de Minkowski, e o conceito de "agora" é na realidade uma ilusão. O futuro, o presente e o passado são todos reais e, da mesma forma, imutáveis." (pág. 160)
O livro deu origem a uma série homônima em 2009, que durou apenas uma temporada. Pelo trailer, parece seguir por caminhos diferentes do livro e trazer mais ação, ainda pretendo conferir. Apesar de não ser bem o que imaginava, gostei da história e das reflexões científicas. Mas sei que para alguns o assunto pode ficar meio monótono em algumas partes. Se você gosta de ficção científica e de ler sobre suas teorias, é um livro muito indicado. Senão, busque um mais leve, com mais ação e menos explicações.
3,5/5 - Entre "Bom" e "Muito bom"
Mais informações:
Flash Forward
Título original: Flash Forward
Autora: Robert J. Sawyer
Editora: Galera Record (Site | Twitter | Facebook)
Páginas: 384
Links: Skoob | Goodreads

4 comentários:

  1. é por isso que tenho medo de saber o futuro! hahaha
    se tivesse a oportunidade de descobrir o que iria acontecer comigo, acho que eu não iria atrás não ;x
    já vi algumas resenhas deste livro, e a trama parece ser boa, mas muito científica para o meu gosto... fujo de livros assim :S
    não sabia que tinha uma série :O

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, então essa é a primeira resenha que leio sobre ele. Não sou muito fã de ficção científica, no entanto, não posso deixar de reconhecer que muitos livros do gênero são muito bem estruturados e vale a pena conferir. Acredito que esse é um deles. A história parece ser bem interessante, mas infelizmente tive essa impressão que citou, que o enredo fica um pouco monótono, principalmente pelas poucas partes de ação.

    ResponderExcluir
  3. Nossa que livro incrivel, eu nunca tinha lido nada sobre ele e adorei premissa lançada pelo autor!! imagina que horrivel deve ser saber que voce estara morto daqui 21 anos kkkkk
    Uma pena que os personagens nao sejam tao legais, mas eu ja li tanto livro que achei o livro bom mesmo detestando os personagens, que acho que isso nao vai influenciar na minha leitura ^^
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Essa é a primeira vez q ouço falar sobre o livro e confesso q fiquei bastante interessada adoro livro de ficção científica. Nerd assumida kkkk..
    É uma das minhas proximas leituras.s2

    ResponderExcluir