quinta-feira, agosto 22, 2013

Resenha: Alma?

. .


Alma? (Protetorado da Sombrinha #1)
Título original: Soulless
Autora: Gail Carriger
Editora: Valentina (Site | Twitter | Facebook)
Páginas: 308
Links: Skoob | Goodreads
Um livro ambientado na era vitoriana, em uma época onde os sobrenaturais (como vampiros e lobisomens) viviam junto à comunidade. Se você quase fugiu quando viu a palavra "vampiros", não desista. Esse livro é realmente diferente do que estamos acostumados.
Alexia vive em um mundo onde os sobrenaturais foram os responsáveis por algumas das grandes mudanças de destino no mundo. Ela é uma solteirona que tem duas meia-irmãs e uma mãe loucas por casamentos e fofocas da alta sociedade. Além disso, o pai (já falecido) era italiano e lhe deixou de herança um nariz um pouco maior e uma pele mais morena do que o padrão de beleza da época. Tem uma amiga fiel, mas que tem um péssimo gosto para chapéus. Ah, e é uma preternatural. Isso significa que ela consegue inibir os sobrenaturais usando apenas o seu toque.

Apesar disso, sua vida anda bem. Até ela ter o azar de encontrar um vampiro mal-educado que tenta atacá-la, sem ter a mínima noção da condição de preternatural da moça. Sem querer ela acaba por matá-lo, e uma investigação é iniciada pela supervisão de Lorde Macoon. Afinal, quem é e de onde surgiu esse vampiro que não conhecia os registros de preternaturais da região? 
"A srta. Alexia Tarabotti não estava se divertindo naquela noite. Os bailes da sociedade não passavam de distrações medíocres para solteironas e, embora ela fosse uma delas, não era do tipo que via graça neles. Então, quando fora para a biblioteca, seu refúgio favorito em qualquer residência, a cereja que faltava no bolo: deparara com um vampiro." (pág. 9, primeiro parágrafo)
O livro é recheado de humor afiado. Alexia tem uma resposta ou um pensamento para quase tudo o que falam. Suas provocações com Lorde Maccon são as melhores, mas todos os personagens são interessantes. Temos até um vampiro meio... espalhafatoso (e esse nem precisa brilhar no sol!).

Possui várias cenas picantes, que normalmente também são recheadas com um belo humor devido aos pensamentos de Alexia. Apenas devido a isso que não acho aconselhado a pessoas muito mais novas. Algumas investigações e cenas de ação também estão presentes, movimentando a narrativa nos momentos certos.

A leitura é bem tranquila e flui naturalmente. Apesar de ser o livro inicial e ter algumas explicações extras sobre o que são os preternaturais, como os sobrenaturais convivem com os humanos, alguns órgãos de controle do governo e outros detalhamentos necessários para o início de uma série, não achei pesado. E mesmo sendo o livro inicial, ele possui uma história bem fechada. Provavelmente será requisito para ler os próximos, mas se por acaso alguém quiser ler apenas esse também terá uma história completa.

Meu único porém com o livro foram justamente as minhas férias. Com elas acabei dando uma pausa na leitura e perdi um pouco do ritmo da história. Talvez se não isso não tivesse acontecido, teria dado uma nota ainda mais alta. A edição está impecável. Possui alguns detalhes na numeração das páginas e as pequenas modificações feitas na capa a deixaram mais bonita que a original.

Foi um livro realmente surpreendente. A história, a ambientação, os personagens, tudo foi interessante e com um ar completamente novo. Fazia tempo que não lia um livro que desse essa sensação de novidade. O romance também está presente (esse talvez não fuja tanto do clichê) mas é tão envolvente e engraçado que não tem como ficar indiferente. Creio que, se o transformassem em um filme, seria um bem engraçado.
"A srta. Tarabotti achava que seria um transtorno ter de dar explicações a torto e a direito sobre ausência de alma para as massas mal informadas. Podia ser considerado quase tão constrangedor quando ter de dizer que seu pai, por um lado, tinha falecido e, por outro, era italiano." (pág. 28)
Série Protetorado da Sombrinha
#1. Alma?
#2. Changeless (este e os próximos ainda não lançados no Brasil)
#3. Blameless
#4. Heartless
#5. Timeless
Muito bom!

9 comentários:

  1. Eu me convenci há pouco que tenho que ler este livro. Meu preconceito com o gênero estava me atrapalhando muito. Mas todo mundo adora, se diverte, etc. Além de personagens incríveis, a história parece bem inteligente. Um dia vou ler!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Apaixonei pela estoria. *-*
    Além da capa ser linda. Gostei bastante da sinopse, nao é um livro como esses outros sobre lobisomem, é bem diferente.
    Super ansiosa para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não tenho nenhuma vontade de ler esse livro, nada me interessa nele.
    Mas espero que quem vai ler curta bastante, e que quem ja leu tenha curtido.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. É um livro muito bom mesmo não é? Querendo demais ler essa trama, gostei de tudo nele. Sobrenatural, antigo, misturou duas coisas que adoro e fez um livro bem bacana.

    ResponderExcluir
  5. Parece que acontece de tudo nessa série, haha.

    ResponderExcluir
  6. Não sabia que era série! Olha que eu tenho uma certa implicância com séries e tal, ainda mais com esse tanto de coisa fantasiosa, mas eu tenho um interesse particular por esse livro, HAHAHAHA
    http://literallypitseleh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Todo mundo fala bem desse livro mas não tenho muito interesse em ler =/
    Talvez um dia eu leia..

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu ganhei esse livro nma promoção, mas ainda não tive tempo de lê-lo.
    Achei a trama bem interessante e original do ser preternatural e os seres sobrenaturais viveram normalmente entre os seres humanos.
    Vai ser a minha próxima leitura!

    ResponderExcluir
  9. A capa é linda, o nome da série é bastante chamativa e me deixou muito curiosa. Não sabia que era da era vitoriana e já me conquistou por isso.

    Estou um pouco saturada de livros sobrenaturais, mas você escreveu que esse é diferente do que estamos acostumados, fiquei curiosa e vou colocá-lo na minha lista de desejados.

    ;)
    http://pseudonimoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir