quarta-feira, junho 26, 2013

Resenha: Um gato de rua chamado Bob

. .


Um gato de rua chamado Bob
Título original: A street cat named Bob
Autor: James Bowen
Editora: Novo Conceito
Páginas: 240
Link no Skoob:
Já existem tantos livros sobre animais nas livrarias, porque esse teria algum destaque? Eu digo que pela primeira vez entre os livros que li, realmente consegui acreditar como e porque esse gato foi especial e importante na vida do seu dono. Não desmerecendo os outros, mas Bob sim fez a diferença.
 
James era um ex-morador de rua viciado. Ele estava morando em um apartamento subvencionado pelo governo e em tratamento para se livrar das drogas quando uma noite voltou para casa após seu trabalho (tocar na rua) e encontrou Bob no capacho de outro apartamento. No outro dia, lá estava ele de novo. Só que o gato não era daquele apartamento. Da onde ele tinha vindo então?
"Há uma citação famosa que li em algum lugar. Ela diz que recebemos segundas chances a cada dia de nossas  vidas. Elas estão ali para serem agarradas, só que não costumamos agarrá-las." (pág. 9, primeiro parágrafo)
James começa a cuidar de Bob e o bichano começa a acompanhar o dono nas apresentações. Com um gato ao seu lado, ele chama muito mais a atenção das pessoas que estão passando e, com isso, consegue bem mais dinheiro do que vinha conseguindo. E Bob parece bem feliz em ajudá-lo. Então começamos a acompanhar uma uma bela história de amizade e ajuda mútua.

Bob estava em um estado não muito bom quando foi encontrado, assim como James. Um ajudou o outro a superar as dificuldades e tentar uma vida melhor. O livro é narrado de forma simples e mostra vários aspectos da vida de James, mas principalmente algumas comparações antes x depois de Bob. A narrativa é tão simples mas ao mesmo tempo tão real que é quase impossível ficar alheio a tanta sinceridade.

Além de amizade, o livro fala bastante sobre a vida de James. É tocante saber como ele sentia a reação das pessoas (ou a completa falta delas) e as dificuldades de se trabalhar nas ruas. Os problemas e distanciamento da família que as drogas trouxeram, e até tentar entender os seus motivos para ter entrado nesse buraco. 

Ao contrário de muitos, não chorei. Porém digo que esse é, na minha opinião, o melhor livro sobre animais que já li ("Marley & eu" e "Amor em minúscula"). Ao contrário dos outros, nesse livro Bob é realmente o personagem principal. Ele sim fez a diferença na vida de seu dono como nenhum outro desses animais conseguiu fazer. Não que não sejam todos queridos e importantes, mas Bob me pareceu muito mais. O único ponto talvez que poderia ser um pouco "mais" no livro é o final. Ele termina de forma simples e sem grandes acontecimentos - porém como a história dos dois está apenas no começo talvez não tivesse nada muito "chocante" para ser usado como fim mesmo. Apesar desse pequeno detalhe, indico - e muito!

Para quem quiser saber um pouco mais, no final do livro o autor cita um vídeo feito por um cinegrafista amador há alguns anos, que ajudou Bob a ficar conhecido pelo mundo, e acho que encontrei. Creio que se trate de Bob and I (em inglês). O Jornal Nacional também fez uma reportagem sobre eles no final do ano passado: Jornal Nacional. O Bob anda bem gordinho agora, não?
"Eu  estava abobalhado. Tais atos espontâneos de generosidade não haviam exatamente feito parte da minha vida nos últimos anos. Atos aleatórios de violência, sim; de bondade, não. Foi uma das maiores mudanças que Bob trouxe consigo. Graças a ele, redescobri o lado bom da natureza humana. Havia começado a depositar minha confiança - e minha fé - nas pessoas novamente." (pág. 163)
Muito bom

10 comentários:

  1. O que é o Bob dando a patinha hein???? muito fofo!!! :) Não tinha visto essa matéria do jornal nacional e achei super bacana.
    A relação do Bob com o James é muito bonita e pra mim daria certo-quem sabe- um filme mais pela frente.

    P.S. amo a capa desse livro e saber que o livro é baseado em fatos reais me encanta mais ainda. :)

    ResponderExcluir
  2. Eu vi esse livro na livraria e nunca tinha ouvido falar nele...tinha acabado de lançar! Olhei pra ele e não resisti e acabei comprando......passei ele na frente de várias leituras e não me arrependi! A leitura é muito agradável, uma lição de vida...
    me emocionei muito com a história do James e de como Bob mudou a vida dele!
    Adorei o livro e acho que foi o melhro que já li até hoje sobre amizade entre homens e animais!!! Fofo demais!

    ResponderExcluir
  3. Que bacana! Eu não gosto de gatos, por isso nem quis ver do que se tratava o livro. Não sabia que era uma história real. Achei diferente, pois sempre vemos muitas histórias de amizade entre homens e cachorros, nunca tinha visto nada parecido com gatos.

    ResponderExcluir
  4. Tão fofo esse livro! Adorei ver essa história dele, parece ser tão fofa. E o melhor é que é real, trata-se de uma história que nos faz pensar e não é mentira. Muito legal.

    ResponderExcluir
  5. Essa é a primeira resenha que leio desse livro. Sério, você conseguiu despertar mais ainda a minha curiosidade... Até porque eu gostei bastante de Marley & eu, e esse ainda é melhor...
    Parabéns pela resenha maravilhosa!

    ResponderExcluir
  6. Ahhh q otima resenha!! Que bom que esse livro eh incrivel, pois eu quero muito ler ele :))

    Realmente, o legal e o que me iteressa de vdd eh saber q eh uma historia real.

    Ansioso pela leitura!

    ResponderExcluir
  7. Tô bastante ansiosa pela leitura desse livro que parece ser lindo demais! *-* Principalmente por ser algo real. Quero muito conhecer a história de amizade de Bob e James, pois amo animais e acredito que esses bichinhos podem sempre fazer mudanças em nossas vidas. Amei o livro desde que o vi!

    ResponderExcluir
  8. Gostei da resenha. O livro é bem diferente do que eu imaginava, parece ser mesmo muito bom. Não gosto de gatos, mas acho que esse livro, eu leria ;D
    Não sabia que era um historia real^^

    ResponderExcluir
  9. Oi Tami!
    Sinceramente achei tua resenha ótima, porém pra mim esse é um daqueles livros que não conseguem conquistar a gente por nada no mundo. Acho a capa bonita, mas não consigo encontrar grandes motivos pra ler.
    Eu tenho Marley e Eu, mas ainda não consegui ler.

    Beijos da LUa =*
    www.tyciahadiresenhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Quero ler esse livro, pois quero conhecer essa história de amor e amizade.

    ResponderExcluir