quarta-feira, dezembro 12, 2012

Resenha: Cordeluna

. .


Cordeluna (Cordeluna)
Autora: Elia Barceló
Editora: Biruta
Páginas: 310
Link no Skoob:
Como consegui o livro: Booktour
Sinopse: Mil anos atrás, uma história de amor foi interrompida pela desgraça e uma maldição. Um poder tão maligno que tinha conseguido dominar seus espíritos geração após geração. E enquanto isso, os apaixonados esperam... condenados a se reencontrar e voltar a se perder por culpa do ciúme e do ódio. O cavaleiro e a dama. O guerreiro e a donzela. Até que talvez um dia, talvez em nossa época, séculos depois, um poder superior e benigno consiga pôr um fim ao malefício. Apaixonante novela que combina história e fantasia, amor e maldade, bruxaria e religião, criada pela escritora Élia Barceló, conhecida como a “Dama Negra” da literatura espanhola, ganhadora em duas oportunidades do Prêmio Edebé de Romance Juvenil. A história se passa na Idade Média e é muito bem retratada no livro, que destaca costumes e valores da época. As sangrentas guerras entre muçulmanos e cristãos pela expansão e posse de seus domínios. No posfácio, a editora explica os diferentes períodos da História e descreve a fascinante personalidade de El Cid.
Cordeluna é o típico livro que no início não prende muito a atenção, depois vai melhorando e no final é quase impossível largar. A narrativa nos mostra duas histórias em paralelo: a de Sancho e Guiomar na Espanha medieval, e a de Sergio e Glória na Espanha atual.

Sancho era um cavaleiro de El Cid, e Guiomar era uma Condessa. O amor deles acontece à primeira vista e, além de ser proibido devido suas diferenças sociais, uma pessoa acaba ficando especialmente incomodada com isso. Tão incomodada que decide lançar uma maldição sobre os dois para que nunca possam ficar juntos.

Sergio e Gloria são dois atores iniciantes que vão para um mosteiro junto com um grupo de teatro para ensaiar uma nova peça e documentário. Inexplicavelmente eles também se apaixonam à primeira vista, e muitas coisas no local onde estão os fazem lembrar de coisas que eles nunca fizeram - nessa vida. Sergio começa a perceber que conhece Gloria sem ao menos ter conversado direito com ela, e Gloria começa a ver e sentir coisas que não são comuns. Aos poucos eles vão tentando entender porque estão assim.

"No coração de Castela, na escuridão, um poder aguarda o momento. Passaram-se quase mil anos e o tempo está se acabando. As linhas do passado convergem para o presente para que o futuro possa existir." (primeiro parágrafo)
O livro intercala um capítulo (geralmente bem curto) para cada história. Acho que esse é o motivo pelo qual ele não prende muito no início: acabamos demorando até nos ambientarmos nas duas localidades e com seus personagens. Até a escrita é um pouco diferenciada entre as duas histórias, sendo mais formal na Espanha medieval e mais informal na Espanha de hoje - o que faz completo sentido.

Apesar de falar sobre dois romances, o livro não se foca tanto no romance e sim nas consequências que ele trouxe. Creio ter mais partes de aventura do que de "melação". Nunca me convence muito esses romances à primeira vista, mas esse livro dá uma justificativa para o que aconteceu. Além disso, ficamos sabendo de algumas curiosidades sobre a vida medieval durante as aulas de Sergio e Gloria sobre interpretação, e acompanhamos Sancho em algumas de suas batalhas.

Esteticamente o livro é muito bonito, com algumas imagens representando desenhos que são descritos na história e com uma letra estilo antiga no início de cada capítulo. A capa é simples mas é bonita. E no final o livro ainda traz um pouco da história real (e no que discordam os historiadores) do cavaleiro El Cid, junto com a bibliografia usada pela escritora e alguns mapas da evolução da Espanha durante os séculos de guerra. Sempre gosto quando o livro traz esse tipo de informação.

Confesso que fiquei entre "bom" e "muito bom" para esse livro. Ao mesmo tempo que o início não é grande coisa, gostei bastante de como se desenrolou a história. Não lembro de ter lido algum livro nesse estilo ainda, com duas histórias separadas mas interligadas. Acho que vou ter que ficar entre essas duas avaliações mesmo.
"Como podia ter sido tão imbecil de não ter percebido? O sol, o "s"; a gota, o "g".
Sérgio e Glória.
Como se alguém, mil anos atrás, pudesse ter sabido que eles chegariam àquele mosteiro e se encontrariam junto à fonte." (pág. 84)

19 comentários:

  1. Parece ser legal o livro, um casal que se encontra depois de tantos anos.
    Gosto quando uma história melhora no fim, quando o começo é chato que o inverso haha.
    Adorei a resenha.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Adorei a novidade, me lembrou um pouco um filme antigo, Lady Hawk, com a lindíssima Michele Pfeiffer.
    Por causa de um feitiço na era medieval, ela se transformava em um falcão,ao nascer do dia, e o seu amado, em um lobo, à noite ou seja foram amaldiçoados para nunca mais se econtrarem. Mas eles conseguiam se olhar de longe nos últimos minutos do pôr do sol.
    Fica a dia, acho que é dos anos 80.

    ResponderExcluir
  3. Este parece ser um livro "diferente" dos outros que tenho visto por aí ultimamente. Este clima medieval, com mistérios, "maldições" é bem interessante e me despertou curiosidade.
    Não sei se colocaria na minha listinha, mas se um dia tiver a oportunidade de ler a obra, assim o farei!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Bom eu acho o tema bem interessante, quase todos os livros que leio tem o inicio meio lento, as vezes demoro mais para ler um livro exatamente por isso, mas as vezes o final sempre me conquista

    ResponderExcluir
  5. Uma temática diferente essa, era medieval.

    Parece interessante, ;)

    ResponderExcluir
  6. Flor, nao gostei mto da temática do livro, entao acho q nao leria, mas gostei da forma como vc escreveu sua resenha, ficou mto boa! :D
    Beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gosto muito de históricos e esse parece ser interessante, principalmente por ser medieval. O enredo de mais aventura e menos romance também me chamou a atenção. Acho que eu iria gostar de ler.

    ResponderExcluir
  8. Não gosto muito de livro histórico, mas gostei da resenha acho q esse eu me arriscaria a ler.

    ResponderExcluir
  9. Também não gostei da temática do livro, mas eu sempre tento abrir meus horizontes para novas leituras e quem sabe um dia ue leio ele.

    ResponderExcluir
  10. Espanha Medieval e atual? Parece bom. O problema tá no seu outro parágrafo: os capítulos são curtos e ficam intercalando as histórias e... a gente demora pra se acostumar. Aí já me deixou meio sem vontade de ler. :x E estou num momento em que prefiro mais romance do que aventura então, se eu fosse ler, ficaria para beeem depois

    Gislaine,
    atualizado, comenta?
    Jeito Inédito

    ResponderExcluir
  11. Adora essa pegada medieval haha *-*
    Também gosto quando temos histórias intercaladas, geralmente eu me acostumo facil :x
    Abraços :*

    ResponderExcluir
  12. Espanha medieval e Espanha atual, que legal! ~rimou~ hahaha. É, as vezes a gente demora um pouquinho pra perceber e saber diferenciar quando se trata de um ou outro, mas com o desenrolar da história acabamos nos acostumando, e normalmente isso torna o livro muito melhor do que se fosse tudo separadinho.
    Só fiquei triste em saber que o foco não é o romance :/ haha. Mas parece ser bom!

    Beijos, Flá. { http://pequenascoisaas.blogspot.com.br/ }

    ResponderExcluir
  13. Gostei desse livro uma leitura historica, gostei do enredo e dos personagens do livro. Gostei da capa simples (gosto de capas assim), ja o coloquei na minha lista.

    ResponderExcluir
  14. Já tinha lido uma resenha desse livro em outro blog, a resenha foi tão empolgada que me fez marcar como desejado. Depois de ler a sua resenha vou repensar, não tenho mais certeza se vou curtir a leitura...

    ResponderExcluir
  15. Apesar de já ter visto o livro em outro blog essa é a primeira resenha que leio. E sinceramente, adorei. O livro parece ser muito interessante e encantador. Gosto desses livros que misturam momentos *-*

    Beijos da Lua =*
    www.tyciahadiresenhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Não gostei muito do livro mais adorei os quotes!
    xoxo

    ResponderExcluir
  17. Para falar verdade o livro não me interessou muito, acho que não faz o meu estilo ;/ Mas eu acho que em uma outra oportunidade eu leria sem problemas.
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Sério, amei sua resenha.

    A capa do livro não é tão convidativa, pelo meu ponto de vista, mas a sua resenha, por outro lado, sim. Parece ser uma estória bem interessante, além de ter me lembrando de outro livro que li.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Confesso que ainda não conhecia esse livro, ao ler a sinopse eu achei a história um tanto interessante, dai eu li a sua resenha que me fez quer muito lê-lo, apesar de vc dizer que o começo é um pouco enrolado eu fiquei curiosíssima para lê-lo.
    Parabéns pela bela resenha, com certeza vc me convenceu a lê-lo.

    ResponderExcluir