quarta-feira, setembro 05, 2012

Filme: Um divã para dois

. .


Um divã para dois (Hope Springs)
Direção: David Frankel
Ano: 2012
O Dr. Feld (Steve Carell) é um famoso terapeuta de casais que já resolveu muitos casos bem complicados. Quando Kay (Meryl Streep) finalmente consegue arrastar seu teimoso marido Arnold (Tommy Lee Jones) para o divã do Dr. Feld, nunca mais nada será como antes, pois dividir o mesmo divã com o marido será muito mais complicado do que dividir a mesma cama.
Opinião: é uma comédia romântica para mais velhos. Ponto. Tem as brigas, os momentos sensíveis, reconciliações, situações engraçadas, tem tudo. Menos o triângulo amoroso ou a parte da conquista que os filmes desse estilo mais voltados para o público jovem tem. Apesar de tudo, é, no mínimo, um filme para se pensar um pouco.

Key e Arnold são casados há muito tempo. Os filhos já saíram de casa e eles voltaram para aquela situação de "casa vazia", deixando de serem apenas pai e mãe e voltando a serem só os dois. Key percebe que as coisas não vão exatamente como deveriam estar indo. Eles não brigam, mas também não compartilham mais momentos juntos, carinhos e nem a mesma cama. É como se os dois vivessem separados, mas sob o mesmo teto. 

Key então resolve ir a um terapeuta de casais, Dr. Feld. Lá eles começam a tentar retomar a intimidade que um casamento deveria ter, passando por algumas tarefas (aparentemente simples) que o doutor passa - como dormirem abraçados. E a partir daí o filme se desenrola.

Meryl Streep está ótima como sempre. O Tommy Lee Jones nesse filme tá a cara do Carl Fredricksen, o velhinho do Up! E o Steve Carell (o ex-protagonista do seriado The Office) está finalmente em um papel sério - mas confesso que ele tem uma cara tão engraçada que foi difícil de acreditar que ele não ia fazer piadas. Basicamente são esses os personagens, e realmente para a história não precisaria de mais.

O filme é bem íntimo, mostrando como está a vida do casal em cada situação.  As vezes chega até a dar um certo desconforto de ver algumas situações, nos fazendo perguntar porque eles agem como dois estranhos e se um dia também ficaremos assim (espero que não!). Não é um filme muito engraçado, apesar de algumas cenas serem, e também não tem muito drama (só um pouquinho) ou um clímax que a gente fica esperando. Ou seja, é um filme mais parado.

Não é excelente, mas eu gostei. Tem algumas lições legais e é fácil de entender, apesar de não conseguirmos nos identificar muito por ser voltado para pessoas mais velhas. É bom para refletir e tentar, de certa forma, prevenir esse tipo de coisa que pode se tornar comum em qualquer relação - a distância. E sempre gosto muito de ver casais mais velhos (seja em filme ou na vida real), porque me dá uma sensação de esperança e de "espero que eu seja assim um dia" que é reconfortante. Ainda mais em um mundo onde as pessoas acham mais fácil desistir e procurar outra pessoa do que lutar para melhorar o que não está bom. 

Bem que falei no início que era um filme para sair pensando.

Trailer

15 comentários:

  1. kkkkkkkkkkk' Realmente, o Jones tá a cara do velhinho do Up! :DD

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Puxa... creio que eu não assistiria a este filme. Digamos que não é algo que realmente me chame muito a atenção, ou que consiga me prender. Por mais que, retire-se alguma lição do mesmo.. não conseguiria ficar muito tempo em frente a televisão observando-o. Quem sabe, daqui alguns anos, não é? :/ rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Gente, eu achei o filme uma graça quando vi em um comercial! Acho que deve ser bem legal, mesmo. Mas vi algumas cenas no mesmo que não são recomendáveis para se assistir com os pais, haha.

    ResponderExcluir
  4. Com bons atores, já é meio caminho andado. Pena que ando sem tempo para ir ao cinema. Minha filha é pequena, então a maioria do tempo disponível é para ela. Mas a indicação é boa, sem dúvida.

    ResponderExcluir
  5. Queria tanto assistir esse filme, adoro os filme que a Meryl Streep faz, mas nao tenho tempo para ir no cinema. Quem sabe eu nao consiga nesse feriadão que vai ter.

    ResponderExcluir
  6. Os filmes com a Meryl Streep são sempre incríveis. Eu gosto muito de comédia romântica,mesmo não tendo o famoso triângulo amoroso de costume eu me interessei bastante pela história eu vou assistir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Ah, eu não gosto de filmes "parados" assim :/ Amooo comédias românticas e sempre assisto com minha mãe, acho que ela talvez gostaria dele! haha.
    E os atores são tão fofos! rs. Vou indicar pra minha mãe!

    Beijos, @flafsbp

    ResponderExcluir
  8. Minha mãe acabou de passar por aqui, dai mostrei pra ela e ela disse que todos os filmes dessa atriz são bons! haha

    ResponderExcluir
  9. Eu assistiria este filme somente por estes atores, embora o tema não tenha sido muito atrativo, eu gosto muito do trabalho deles e daria uma chance.

    Bjos!

    Cida

    ResponderExcluir
  10. Parece ser um bom passatempo... como gosto da Meryl talvez assista por causa dela.

    =D

    ResponderExcluir
  11. Ai eu tô doida pra ver esse filme, talvez seja bonzinho, romance eu sempre gosto. :)

    ResponderExcluir
  12. Não to maluca pra ver o filme mas acho que seria legal eu ver com a minha prima ela adora esse tipo de filme ^^

    ResponderExcluir
  13. Eu adoro os filmes da Meryl Streep, ela é uma ótima atriz. Certamente vou ver.

    ResponderExcluir
  14. Ahhh, parece ser um filme legal de se assistir. Um filme leve, no meu ponto de vista.

    Gostei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Não fui muito com a 'carinha' desse filme. Sei lá, talvez seja porque não me identifico em nada com as personagens. Mas simplesmente não me dá vontade de assistir.

    ResponderExcluir