terça-feira, janeiro 24, 2012

Resenha: Julie & Julia

. .


Julie & Julia
Autora: Julie Powell
Editora: Conrad
Páginas: 312
Link no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/26101


Sinopse: Best Seller internacional e vencedor do primeiro Blooker Prize (que premia livros baseados em blogs), Julie & Julia é uma história de desafios e superação, de risos e lágrimas, de uma mulher moderna lutando para colocar ordem em sua atribulada vida. Prestes a completar 30 anos, insatisfeita com o emprego de secretária de uma repartição pública e sufocada pela pressão crescente para ter um bebê, Julie sentia-se incapaz de dar rumo diferente a sua vida. Para piorar um pouco mais, foi obrigada a se mudar com o marido para uma quitinete num bairro afastado, a quilômetros de distância do trabalho e dos amigos. Parecia mesmo um beco sem saída. 
Porém a solução estava no lugar mais improvável: no velho livro de receitas guardado na cozinha de casa da mãe. Meio por acaso, Julie se surpreende experimentando a primeira receita de Mastering the Art of French Cooking. Dado o primeiro passo, ela decidiu seguir adiante e enfrentar o desafio de fazer as 524 receitas contidas no clássico de Julia Child (uma das mais importantes apresentadoras de programas de culinária na TV norte-americana, aqui apresentada num delicioso prefácio da chef Rita Lobo) em apenas um ano - e escrever um blog relatando a façanha. 

Resenha: Esse livro li como parte do Desafio Literário, do mês de Janeiro.
Acho que superação é uma palavra um pouco forte para o livro. Desafio tudo bem, mas superação? Não senti muita diferença entre a Julie de antes do desafio e a de depois. Ok, ela escreveu um blog, depois um livro, e ficou famosa por isso. Mas e o que mais? Além de tudo, ela não tinha uma vida difícil para ser superada, apenas não estava satisfeita. 


Não foi um livro que me chamou muita atenção. Talvez porque eu saiba nada de cozinha, fiquei meio boiando em várias partes - e decididamente não entendo toda a empolgação da Julie. O livro tem muitas e muitas partes com descrições de receitas, ingredientes, formas e utensílios que não tenho ideia do que são.

Como o livro gira muito (muito mesmo) em torno dos pratos que ela faz, acabou não me interessando tanto. Contudo, as partes que fugiam um pouco disso eram legais. 
"Até onde sei, não há no mundo som mais sexy do que os arrulhos do homem que você ama diante dos crepes que você fez para ele. E isso manda para o inferno o Botox e os pescoços pelancudos."
Não consegui sentir muito a ligação Julie e Julia. Tirando alguns momentos, o livro poderia simplesmente ser algo como "Julie e seu desafio culinário". Julia está ali simplesmente como coadjuvante - que poderia ser substituída por qualquer outro livro antigo e famoso de culinária.

As partes mais interessantes - para mim - são justamente quando ela sai da cozinha. Comentários sobre o seu blog são engraçados e alguns fazem pensar - em especial uma comparação da relação diários x blogs.
A parte final também é interessante, onde realmente (e finalmente) se vê mais a ligação Julie e Julia - e o que Julie conseguiu tirar de inspiração.

Enfim, não foi o meu estilo de livro. Se não fosse pelo Desafio Literário, provavelmente não teria pego ele para ler. Talvez quem goste de culinária ache mais interessante, consiga entender e se identificar melhor.
Dizem que o filme é legal (e que é um daqueles raros casos onde o filme é melhor que o livro), fiquei curiosa para ver!


Comentou? Preencha o formulário do Top Comentarista.

3 comentários:

  1. Acho que minha vó leria o livro rs Mas achei o filme muito bom mesmo, pensei que o livro fosse melhor, devo ter me enganado então :)

    Beijos ;)
    chiadocarioca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei do livro por ser engraçado, eme identifiquei com a personagem. Mas achei-o forçado e desajeitado por vezes. Acho que prefiro o filme. Fiz resenha deste livro tb para o desafio.

    ResponderExcluir
  3. O filme é ótimo e realmente, quem não se interessa muito pelo universo culinário acha o livro um tanto enfadonho!Além de que no filme os personagens são simpáticos(pelo menos tentam0, ao contrário do livro.

    ResponderExcluir