quarta-feira, novembro 16, 2011

Resenha: House - Um guia para vida

. .


Informações do livro
Título: House Um guia para a vida - Como triunfar com humor e ironia
Autor: Toni de la Torre
Editora: Lua de Papel
Páginas: 156
Link no Skoob:
 http://www.skoob.com.br/livro/136845


Resumo do livro
House M.D. É uma das séries que mais faz sucesso na televisão atualmente e isso se deve ao seu protagonista, o Dr. House (interpretado por Hugh Laurie), um médico politicamente incorreto e bonitão que resolve casos que ninguém mais consegue enquanto detona seus pacientes, destila comentários sarcásticos a todos que estão à sua volta (especialmente seus subordinados) e se acha o dono da verdade. Este livro faz um raio X da vida do Dr. House e dá lições práticas de como ser mais parecido com ele e utilizar suas filosofias no seu dia a dia. Você se surpreenderá em como muitas das coisas ditas aqui se encaixam em sua vida e verá que o médico rabugento pode ter razão. O autor não tem a pretensão de ser o dono da verdade (afinal, ele sabe bem que esse é o papel de House)


Resenha
Para ser sincera, o livro não me prendeu muito. Não abandonei ele, mas também não foi algo que me dava vontade de ler todas as noites. É um livro de leitura fácil e, apesar do número de páginas, é um livro bem pequeno pois tem grandes espaços e páginas vazias. Como é um livro tranquilo de ler, fui até o fim.

Talvez o maior problema dele é que tudo que vem relacionado com a palavra HOUSE traz uma expectativa muito grande junto. Já imaginamos algo sarcástico, engraçado, com boas tiradas. E quando isso não acontece, não conseguimos ligar essa "coisa" ao House.

O livro é como um simples de auto-ajuda, só que se baseia nas atitudes do House para definir como você deve agir. Aí temos dois problemas:
1. O livro já é um pouco "antigo" se relacionarmos com a série. Ele cita fatos até a segunda temporada, e House já está na 8ª. O que nos leva a...
2. Uma análise superficial de House. Em vários momentos parece que o livro joga que House é "durão" e "fechado" porque em algum momento da sua vida decidiu ser assim. Ou que ele não tem como se interessar por ninguém a não ser seu antigo amor, Stacy. 
Qualquer pessoa que tenha visto um pouco mais das temporadas sabe os motivos que levaram House a se tornar assim, e todo o resto.

Mas tudo bem, vamos partir então do suposto que o livro não deveria ser comparado a série.

Daí o livro se torna fraco. Por que ele basicamente se baseia em como o House agia nessas temporadas para "embasar" os seus argumentos e dicas. Se a gente desvincular o livro da série, não sobra muito.

As duas partes que mais gostei do livro também poderiam ser melhores:
1. A comparação entre House e Holmes: poderia ter sido maior ou mais aprofundada. Apesar de interessante, acabou ficando um pouco simples.
2. As frases de House no final do livro: várias (várias mesmo) já haviam sido utilizadas no meio do livro. Isso deixou um pouco desinteressante, para não dizer cansativo. Poderiam ter diminuído a seção, para colocar só as frases novas, ou ter procurado outras frases dessas temporadas.

Como falei antes, é um livro regular. Apesar dessas questões, é um livro   super tranquilo de ler. Na falta de outros livros desejados, esse quebra o galho.
Seguindo então o "padrão Skoob" de notas, um livro regular é nota 2.

PS: sei que quarta normalmente é dia de postar sobre filmes, mas como ontem foi feriado e não postei nada, vou pular os filmes essa semana. Amanhã é dia de texto e tudo volta ao normal!

Um comentário:

  1. Ainda não li esse livro, mas foi bom saber. Gosto muito da série, foi ela que me arrastou para esse mundo de séries e hoje não só assisto mais de 50 como escrevo para um site de séries. Esperava um livro mais completo... Pena que vai ficar de fora da minha lista.

    Cultivando a Leitura

    ResponderExcluir