segunda-feira, abril 23, 2018

Marcadores da Semana #263: Alma Katsu

. .


Alma Katsu é a autora da trilogia Ladrão de Almas (The Taker trilogy, em inglês), que teve os dois primeiros livros publicados no Brasil. Sim, apenas os dois primeiros. Foi mais uma das séries que, infelizmente para os fãs, não teve todos os livros publicados por aqui: o terceiro livro, The Descent não foi publicado pela Novo Conceito e é muito difícil alguma editora ter interesse em publicar apenas o último livro de uma série.

Ficamos então com os marcadores dos dois livros publicados: Ladrão de Almas (versão com frente e verso e outra com o verso branco) e Refém da Obsessão. Na imagem abaixo, o verso dos marcadores.

quarta-feira, abril 18, 2018

Marcadores da Semana #262: Clássicos Nova Fronteira

. .


Os marcadores de hoje são de uma coleção bem legal lançada pela editora Nova Fronteira chamada 'Clássicos para todos'. A princípio - ao menos ainda não vi - a editora não fez marcadores, sendo todos da Saraiva. Para quem coleciona, o legal desses relançamentos de livros clássicos é a possibilidade de aumentar a coleção de algum autor conhecido mais antigo, do qual as vezes é difícil encontrar marcadores. 

Na ordem da imagem acima: A náusea, A arte da guerra, Auto da compadecida, Sagarana, Amar, verbo intransitivo, Memórias póstumas de Brás Cubas, A vida como ela é, Como vejo o mundo, Macunaíma, Romeu e Julieta e O príncipe. Na imagem abaixo tem a foto do verso dos marcadores (todos são iguais). 

segunda-feira, abril 09, 2018

Marcadores da Semana #261: Sarah-Maude Beauchesne

. .


Os marcadores de hoje são da autora quebequense (que palavra estranha!) Sarah-Maude Beauchesne. Estes são mais alguns dos marcadores que consegui na nossa viagem ao Canadá, mais especificamente em Quebec. Se quiser ver outros marcadores já publicados do Canadá, clica aqui!

Os livros são em francês e, pelo que pesquisei, não foram traduzidos para outras línguas até o momento - ou seja, dificilmente é uma autora que aparecerá por aqui. Lendo as sinopses e tendo como base as ilustrações das capas (que gostei bastante) as histórias parecem ser do estilo jovem adulto. Quem souber francês e se interessar, fica a dica ;)

quarta-feira, abril 04, 2018

Roteiro de 2 dias em Ottawa

. .


Dizem que é errando que se aprende, e Ottawa foi para nós uma ótima lição de como o pouco planejamento pode atrapalhar uma viagem curta. Então nesse post vou dividir um pouco da nossa experiência na e aprendizados com vocês.

Ottawa é a capital do Canadá e quarta maior cidade do país. Fica localizada na província de Ontário, bem na divisa com a província de Quebec, e possui duas línguas oficiais: inglês e francês. A região metropolitana é chamada de Ottawa-Gatineau, sendo que Gatineau é a cidade na província de Quebec logo do outro lado do rio Ottawa, que divide as cidades. Foi a quarta cidade que conhecemos na nossa viagem de 17 dias pelo Canadá, no caminho entre Niagara Falls/Niagara-on-the-lake e Quebec. No post principal da viagem comento um pouco sobre o hotel que nos hospedamos, o The Bussiness Inn (com a maior TV que já vi!).
Apesar de ser a capital, não é uma cidade muito grande em termos de turismo e as atrações ficam concentradas basicamente em duas regiões muito próximas, então dois dias são suficientes para conhecer o principal. 

Nossa experiência

Como comentei, cometemos alguns erros e tivemos um pouco de azar. Reservamos os dois dias recomendados para a cidade porém um deles foi inteiro de chuva, o que atrapalhou bastante pois a maioria dos locais interessantes são ao ar-livre. Também cometemos alguns erros de planejamento por não buscar com antecedência os horários de algumas atrações principais e acabar com o único dia de sol muito quebrado nos horários. Enfim, saímos da cidade com a impressão de ter visto tudo mas não termos aproveitado direito, sabe?


segunda-feira, abril 02, 2018

Marcadores da Semana #260: Gayle Forman

. .


Os marcadores de hoje são da autora norte-americana Gayle Forman, mais conhecida pelo bestseller Se eu ficar, adaptado para o cinema em 2014. Também é uma das autoras que me faz repensar minha organização de marcadores porque já passou por várias editoras: Arqueiro, Novo Conceito e Record (até o momento). Acho que vou trocar a organização atual (por editoras) para organizar por autor...

Os marcadores de hoje são: Se eu ficar (edição da Bienal), Se eu ficar (original), Eu estive aqui, O que há de estranho em mim e Se eu ficar (Portugal). Na foto abaixo tem o verso dos quatro primeiros marcadores (o de Portugal tem o verso branco).